Comissão vaticana anuncia Dia de Oração pelas vítimas de abusos

Vaticano, 10 Fev. 15 / 03:19 pm (ACI/EWTN Noticias) – Na conclusão da Plenária da Pontifícia Comissão para a Proteção de Menores, realizada entre os dias 6 e 8 de fevereiro, foi anunciada a realização de um Dia de Oração pelas vítimas de abusos assim como vários seminários de capacitação para a proteção das crianças e adolescentes.

Em um comunicado divulgado pela Sala de Imprensa da Santa Sé se explica que foi a primeira vez que se reuniram todos os 17 membros desta Comissão criada pelo Papa Francisco e presidida pelo Cardeal Sean O’Malley, na qual também participam pessoas que já sofreram algum tipo de abuso. A Comissão, explicam, “está desenvolvendo os procedimentos para garantir o exercício de responsabilidade de todos na Igreja – clero, religiosos e leigos – que trabalham com menores de idade”.

“Uma forma de garantir o exercício de responsabilidade é elevar o grau de consciência e a compreensão em todos os níveis da Igreja sobre a gravidade e a urgência de pôr em prática os procedimentos corretos de proteção. Com este fim, a Comissão também decidiu promover seminários para educar aqueles que têm responsabilidades na Igreja no campo da proteção dos menores”.

O comunicado faz referência à Carta do Papa Francisco enviada aos líderes da Igreja em 2 de fevereiro e anuncia que estão preparando “materiais para o Dia de Oração que será dedicado a todas as vítimas de abuso sexual. Isso evidenciará a nossa responsabilidade de trabalhar para a cura espiritual e também para ajudar a sensibilizar mais a comunidade católica a respeito da praga do abuso de menores”.

Nas reuniões, indicaram, “os membros apresentaram os relatórios dos Grupos de Trabalho dos peritos que trabalharam no ano passado. A Comissão completou depois as suas recomendações sobre a estrutura formal do organismo e concordou sobre as várias propostas a serem submetidas à consideração do Santo Padre”.

Depois de reiterar que a Comissão trabalha intensamente para “fazer da Igreja uma ‘’casa segura’ para crianças, adolescentes e adultos vulneráveis”, o texto menciona entre outras tarefas “o cuidado pastoral para com as vítimas e suas famílias, a educação, diretrizes para uma melhor abordagem, a formação para o sacerdócio e a vida religiosa, as normas eclesiásticas e civis que regulam as acusações de abuso e o exercício de responsabilidade das pessoas em posições de autoridade dentro da Igreja, quando tratarem acusações de abuso”.

“A Comissão está consciente de que a questão ‘do exercício da responsabilidade’ é de extrema importância. Durante a plenária, os membros chegaram a acordo sobre uma proposta inicial que será submetida à consideração do Papa Francisco”, destacam. Participaram desta assembleia o Cardeal Sean O’Malley, (Estados Unidos), Presidente; Dom Robert Oliver (Estados Unidos), Secretário; Rev. Luis Manuel Ali Herrera (Colômbia); Catherine Bonnet (França); Marie Collins (Irlanda); Gabriel Dy-Liacco (Filipinas); Sheila Hollins (Inglaterra).

Também estiveram presente Bill Kilgallon (Nova Zelândia); Sr. Kayula Lesa, MSC (Zâmbia); Sr. Hermenegildo Makoro, CPS (Zimbabwe); Kathleen McCormack (Austrália); Claudio Papale (Itália); Peter Saunders (Inglaterra); Hanna Suchocka (Polônia); Krysten Winter-Green (Estados Unidos); Rev. Humberto Miguel Yáñez, SJ (Argentina) e o Rev. Hans Zollne, SJ (Alemanha).

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: